Manual descritivo: o que observar no documento na compra de um imóvel na planta?

Manual descritivo: o que observar no documento na compra de um imóvel na planta?

Comprar um imóvel na planta pode gerar desconfiança. O medo de receber algo diferente do que foi proposto no projeto, ou então esperar anos para poder morar em seu apartamento é bastante recorrente.

 

Para que o consumidor possa se sentir mais seguro em relação a essa aquisição, a legislação brasileira exige que as construtoras apresentem um um manual descritivo do imóvel em questão e que nele contenha a discriminação de todas as características do apartamento. Como por exemplo: metragem, como será o acabamento, especificações da estrutura, detalhamento de materiais empregados na obra, detalhes de cada etapa da construção, entre outros. Mas o que precisa ser observado após ser analisado o manual descritivo? Confira!

Certifique – se que estará em segurança

Saber como será a proteção do seu futuro imóvel é muito importante, não é mesmo? Por isso, procure se saber quais cuidados a construtora irá tomar para que problemas sejam evitados. Assim, você evita dores de cabeça envolvendo falhas de segurança.

 

Seu imóvel será protegido por muros? Como funcionará a portaria? O condomínio terá algum sistema de alarme ou câmeras? Essas questões são fundamentais, tendo em vista que as respostas podem ser decisivas para sua decisão de compra.

 

Garagem

 

Não ter uma garagem no prédio pode trazer vários problemas, por isso é fundamental verificar o manual descritivo e se informar se haverá uma vaga de garagem para seu apartamento à disposição e qual será a localização do espaço. Caso o seu condomínio tenha uma vaga para cada apartamento, a distribuição deve ser feita de maneira correta, evitando que alguns carros possam acabar ficando encurralados. Por isso, não deixe de verificar de maneira detalhada as especificidades da garagem.

Conheça a documentação necessária para comprar um imóvel na planta
Guia definitivo para escolher o bairro para morar
Prestação de contas do condomínio: fique por dentro!
Dicas para fazer uma mudança organizada
Locador e Locatário: Quais são as diferenças?
Fiador, seguro-fiança e caução: conheça as diferenças

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário