8 cuidados com as instalações a gás durante a reforma

8 cuidados com as instalações a gás durante a reforma

Você sabe bem que é preciso fôlego para encarar uma reforma. Escolher profissionais, materiais, conciliar agendas e ter paciência. Se está nos seus planos mexer nas instalações a gás, é preciso redobrar os cuidados. Algumas medidas devem ser tomadas para prevenir vazamentos ou quaisquer outros problemas. Confira abaixo as dicas de segurança dos especialistas da Ceg/Ceg Rio, distribuidora de gás canalizado.

Deixe o ar entrar
Durante uma reforma, não bloqueie a ventilação dos lugares onde há instalação de aparelhos a gás. Não tire janelas nem coloque paredes que impeçam a circulação permanente do ar. Isso vale para áreas de serviço, cozinha e banheiro, onde geralmente estão fogão e aquecedores.

O melhor lugar para o aquecedor
Se o aquecedor estiver instalado no banheiro, aproveite a reforma para mudá-lo para a área de serviço, que é o local mais indicado para instalação de aparelhos a gás.

Não esconda o registro
É comum que os móveis planejados escondam o registro do gás. No entanto, apesar de ficar esteticamente mais bonito, os especialistas afirmam que esta conduta é condenada pelas normas de segurança. Os registros devem ficar em locais de fácil acesso e visíveis, pois, em caso de escapamentos ou por qualquer outra necessidade, a distribuição de gás no local pode ser rapidamente interrompida.

Ventilação inferior
O espaço entre a porta e o chão deve ser suficiente para que o ar circule, impedindo a concentração de gás no cômodo onde estão aquecedores e fogões. Essa distância normalmente deve ser de 3 cm, dependendo do tamanho da porta.

Alteração do projeto
Caso queira ampliar a sala ou criar uma varanda gourmet com cortina de vidro, não deixe de aprovar o seu projeto com a distribuidora de gás canalizado da sua região. Essas mudanças podem alterar as condições de ventilação e precisam ser avaliadas previamente por profissionais.

Cuidado ao deslocar o fogão
A movimentação excessiva do fogão pode afetar a conexão da mangueira de fornecimento de gás. Não faça movimentos bruscos com o aparelho e, após a conclusão da obra, certifique-se que as conexões estão seguras e ajustadas.

Reforma dos pisos e paredes
Antes de quebrar paredes e pisos, certifique-se onde passam as tubulações de gás. O ideal é que um profissional que conheça a planta da casa oriente a equipe para que não haja risco de danificar as tubulações. Alguns edifícios possuem um manual de manutenção. Consulte o síndico.

Chaminé e mangueiras
Em caso de pequenas mudanças, fique atento à chaminé ou às mangueiras conectadas aos aparelhos a gás. Elas não podem estar em contato com móveis, materiais plásticos e instalações elétricas.

 

Fonte: Revista Casa e Jardim

Saiba fazer a limpeza correta após terminar a reforma de um imóvel
Dicas para economizar em obras
8 de fevereiro de 2018
Benfeitorias no condomínio
18 de dezembro de 2017
Obras irregulares no condomínio
13 de dezembro de 2017
5 perguntas para se fazer antes de começar a reformar
O barato sai caro: 14 pontos em que não se deve economizar na reforma

1 Comentário

Deixe um Comentário