Condomínios apostam em serviços que estimulem o convívio

Condomínios apostam em serviços que estimulem o convívio

Condomínios investem em interação entre moradores e desenvolvimento dos bairros, na Grande Goiânia

Entre os diferenciais oferecidos estão pescarias, cafés da manhã e ruas exclusivas para pedestres que interligam áreas de lazer

Os condomínios horizontais da Grande Goiânia estão investindo em uma maior integração e convívio entre os moradores e também no desenvolvimento das regiões onde são construídos. São feitos eventos como pescarias, cafés da manhã e planejadas ruas exclusivas para pedestres interligando as áreas de lazer para que os condôminos possam se integrar mais. E com a chegada dos empreendimentos, toda a região recebe uma maior oferta de serviços e infraestrutura básica.

A FGR Urbanismo, responsável pelos condomínios Jardins, se preocupa, desde o início dos empreendimentos, com o desenvolvimento dos setores. Para um dos lançamentos, em Senador Canedo, a empresa aposta em novos acessos e mais rápidos.

A proposta é que os moradores passem pela Avenida Progresso, que está em construção e deve diminuir o tempo de trajeto em comparação ao percurso tradicional, pela GO-020. Além disso, os condomínios contarão com comércios em frente às portarias, facilitando ainda mais a vida dos moradores, funcionários que trabalham nos empreendimentos e também daqueles que vivem nas imediações.

Os terrenos são da FGR, que selecionam empresas para se instalarem no local. Entre as opções estudadas pela empresa estão escolas, postos de combustíveis, farmácias e restaurantes.

Porém, mais do que isso, querem “promover a convivência”, conforme a diretora comercial Michelle Perez. “Temos feiras dentro dos condomínios, missas, encontros de jovem, colônias de férias, acampamentos. No Jardins Capri, por exemplo, tem um clube dentro. Tudo com um projeto de mobilidade. Dessa forma, o condomínio é independente, você não precisa sair para nada”, contou.

Essas facilidades e qualidade de vida atraíram a designer industrial Poliana Oliveira para um dos condomínios. “Eu gosto de espaço, de casa grande, ambiente para trabalhar, o que não dá para ter em apartamento. Aqui eu vejo a mata, faço caminhada, tenho piscina, não preciso pegar o carro. Eu pensava na falta de oferta de serviços quando me mudei, mas tem tudo próximo aqui. Quando eu morava no Setor Bueno, que tinha tudo na região, eu gastava mais tempo de carro porque o trânsito era muito intenso”, disse.

Na região norte de Goiânia, a BrDU está construindo um condomínio que tem o objetivo de “transformar terrenos em comunidades”. Para isso, estão com novidades no projeto e também incentivam eventos.

“A característica do goiano é ser sociável. Então fizemos uma festa de dia das mães aqui para reunir todos. Além disso, o salão de festa tem uma entrada para os moradores dentro do condomínio e uma externa, para os convidados, tudo isso pensando também na comodidade, sem descuidar da segurança”, contou o diretor comercial Leonardo Augusto Alves Rodrigues.

A Cinq adota o conceito de “novo urbanismo”, que aproxima os itens de bem-estar e qualidade de vida do convívio das pessoas. Os condomínios, localizados em Aparecida de Goiânia, são entregues com calçadas já prontas.

“Isso é uma infraestrutura básica, mas que gera essa interação, essa ‘caminhabilidade’, estimula as pessoas a andarem pelo condomínio. Temos várias praças com todos os equipamentos tradicionais que se tem em todos os lugares, mas elas são interligadas por ruas só para pedestres”, disse o diretor de negócios da empresa, Eduardo Oliveira.

Fonte: SíndicoNet

Como respeitar a Lei do Silêncio em condomínios
Saiba tudo sobre legislação trabalhista aplicada ao condomínio
Regras de uso do salão de festas do condomínio
Obras em condomínios
30 de agosto de 2018
CONDOMÍNIO: COMO FAZER A PROVA DO EXCESSO DE BARULHO
Dicas para dividir apartamento evitando conflitos

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário