Alívio no bolso de quem mora de aluguel

Alívio no bolso de quem mora de aluguel

Após um período conturbado com a pandemia em que o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) acumulava alta anual de 37,4%, o indexador mais utilizado no reajuste dos contratos de locação chegou a 0,52% em maio, registrando forte desaceleração em relação a abril (1,41%) e a maio de 2021 (4,10%).

Com o resultado, o IGP-M teve valorização de 7,54% no ano e de 10,72% em 12 meses.

O percentual de maio, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi puxado pelos preços no atacado e no varejo.

Para especialistas, a desaceleração do IGP-M indica que o mercado está voltando à normalidade.

“O setor sempre se ajustou e hoje os preços estão equivalendo.

A alta do índice foi uma situação pontual da pandemia e a livre negociação sempre prevaleceu, pois uma coisa é o reajuste e a outra é a realidade financeira das famílias”, observa Alexandre Corrêa, vice-presidente Jurídico do Secovi Rio (Sindicato da Habitação).

Leia mais: https://abadi.com.br/inflacao-do-aluguel-desacelera-e-mercado-comemora/

Coleta seletiva em condomínios
23 de junho de 2022
Importância da porta corta-fogo no condomínio
Confira o desempenho do mercado imobiliário residencial da cidade do Rio em maio 2022
Contratação e terceirização de serviços em condomínios requer cuidados
Quais são as funções do zelador do condomínio?
Dicas para organizar uma festa junina no condomínio:

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário